Atualizações ao vivo de coronavírus: número de mortos ultrapassa 1.000 na China continental

0
10838
A Diamond Princess é vista em Yokohama, perto de Tóquio, na segunda-feira.
A Diamond Princess é vista em Yokohama, perto de Tóquio, na segunda-feira. Kyodo

Um funcionário dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA está em Tóquio para ajudar a Embaixada dos EUA no apoio a americanos a bordo do Diamond Princess, apurou a CNN.

Os passageiros estão presos no navio de cruzeiro desde 4 de fevereiro, depois que surgiram relatos de que um de seus passageiros foi infectado com o coronavírus que varreu a China.

Desde então, 135 pessoas foram confirmadas infectadas, incluindo pelo menos 24 americanos.

“Acreditamos que as autoridades japonesas e as linhas de cruzeiros estão trabalhando duro para manter todos os passageiros – e o público – em segurança”, disse uma autoridade do Departamento de Estado à CNN.

“Pedimos a paciência e compreensão dos passageiros a bordo e que cooperem totalmente e sigam as instruções das autoridades médicas globais e do governo japonês”.

No fim de semana, o CDC enviou uma carta aos americanos a bordo do Diamond Princess, aconselhando-os sobre os procedimentos de higiene. “Permanecer no seu quarto no navio é a opção mais segura para minimizar o risco de infecção”, dizia a carta.

Oficiais consulares também estão visitando passageiros de navios de cruzeiro americanos que foram enviados para hospitais em Tóquio.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here